Novembro 08, 2012

Discretas Janelas


Assinalando o 22º aniversário do Teatro TapaFuros - que se comemora neste Novembro, apresentamos-vos o espectáculo Discretas Janelas. Este junta o Teatro TapaFuros a outras duas estruturas a ele ligadas intimamente, os Orbes Ir Indo (colectivo de Spoken Music), e os Frente e Verso (grupo de Teatro de Amadores).


Partindo dos textos criados por Rui Mário, que bebem tanto na urbanidade como no romantismo Sintrense, vem a partitura desenvolvida pelos Orbes Ir Indo ao encontro da fisicalidade e interpretação dos Frente e Verso, sob a direcção de Samuel Saraiva.

Assim a partir de dia 9 de Novembro, no Espaço TapaFuros (C.C. Bela Vista – Mem Martins) e até dia 24, às sextas e sábados pelas 22h poderá juntar-se a nós e espreitar nestas Discretas Janelas…

«Será um espectáculo? Será um happening? Será um concerto? (certamente alguns entrarão em transe…). São espelhos d`alma, são ausências esquecidas. São discretas janelas. E nós? Seremos discretos? Escondidos, olhamos as discretas janelas:
 
// O bebedor de cerveja em mais contemporâneo balcão //

// Velho cavalheiro de a menina dança //

// Comboio das 18.18. Laurinda se calhar um dia canto-te //

// Namoravam: empregada de balcão e português fim-de-semana //


(Mem Martins)
De 9 a 24 de Novembro
Sextas e Sábados pelas 22h




Ficha Artística
Textos: Rui Mário
Encenação: Samuel Saraiva
Direcção Musical: Pedro Hilário
Interpretação: Beatriz Darame; Diana Neves; Inês Silva; Luis Miguel; Pedro Hilário (Guitarra); Rui Mário (Voz); Rui Zilhão (Percussão); Soraia Teixeira; Tânia Pires
Video: Dias Martin
Luminotécnia: Pedro Moreira
Co-produção: Teatro TapaFuros; Orbes Ir Indo; Frente e Verso

Reservas/ Info: geral@tapafuros.com  -  919 053 476 - maiores de 12 anos
Bilhetes: € 7 – normal; € 5 munícipes, menores de 18 e maiores de 65 anos;     

Junho 15, 2012

Estória da Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar


Estória da Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar
de Luis Sepúlveda, numa encenação de Rui Mário


«Descubramos com curiosidade esta estória que tem atravessado o planeta, estória plena de sábios ensinamentos que nos falam de dádiva e partilha entre um gato e uma gaivota, que nos desvenda a possibilidade de viver pelo sonho, ultrapassar os preconceitos e todas as barreiras que por vezes separam os seres.»

Casa Mantero
Biblioteca Municipal de Sintra
Espectáculo nos jardins

«Na tua vida terás muitos motivos para seres feliz, um deles chama-se água, outro chama-se vento, outro chama-se sol e chega sempre como recompensa depois da chuva.»
in Estória do Gaivota e do Gato que a ensinou a voar


A partir de 2 de Junho
Sáb: 16h Dom: 11h
Disponível de segunda a sexta, para escolas e grupos mediante marcação


Texto: Luis Sepúlveda; Encenação: Rui Mário; Interpretação: Bruna Félix, José Redondo, Luis Lobão, Samuel Saraiva; Música Original: Pedro Hilário; Cenografia: Carlos Ramos; Figurinos: André Ramos Silva, Diana Piquer; Fotografia: Catarina Pires; Design: Pedro Marques; Produção: Marco Martin







Bilhetes: Normal €8; 4 aos 18 anos €6; Família (grupo de 4 pessoas, com o mínimo de 1 criança) 25€.
espectáculo aconselhado a maiores de 4 anos



Maio 02, 2012

Estória da Gaivota e do Gato que a ensinou a voar

Estreia dia 2 de Junho



«Descubramos com curiosidade esta estória que tem atravessado o planeta, estória plena de sábios ensinamentos que nos falam de dádiva e partilha entre um gato e uma gaivota, que nos desvenda a possibilidade de viver pelo sonho, ultrapassar os preconceitos e todas as barreiras que por vezes separam os seres.»



a partir do texto de Luis Sepúlveda


Casa Mantero
Biblioteca Municipal de Sintra


[Sábados 16h :: Domingos 11h]



Encenação: Rui Mário
Interpretação: Bruna Félix, José Redondo, Luis Lobão, Samuel Saraiva
Música Original: Pedro Hilário;
Cenografia: Carlos Ramos;
Figurinos: André Ramos Silva, Diana Piquer;
Produção: Marco Martin


Info: geral@tapafuros.com


www.facebook.com/tapafuros.teatro