março 27, 2007

Hoje há Espectáculo

«Quando, finalmente, sobe o pano para o primeiro espectáculo, quando, em vez das cadeiras vazias e cobertas da platéia, um mar de cabeças enche de pânico a sala, quando o coração bate a ponte de parecer que rebenta no peito e é perceptível pela secura a anatomia da glote e da faringe, quando o estômago se aperta e não sei o quê dá não sei como vontade de matar, de chorar e de fugir ao mesmo tempo, a consciência de que tudo se fez pelo melhor, não para agradar a esse público, mas ao serviço de uma arte que o eleva e é portanto ao seu serviço, é o único apaziguamento possível a essa inquietação. E se, ao final, quando as palmas vierem benévolas ou enganadas, essa consciência não puder recebê-las como um justo prémio, tal castigo, mais amargo do que uma pateada, lembrará ao artista, quando o é por amor, que nas exigências do amor é sempre muito que deve dar-se, para que o amor que se receba não seja uma esmola de amor...»

(António Pedro)

3 comentários:

nhua disse...

Muita Merda sempre, Tapafuros! Que os vossos/nossos corações se elevem sempre, que as palmas venham sempre, e que as almas se encham por isso!

BOM DIA MUNDIAL DO TEATRO TODOS OS DIAS!!!

Zorbas disse...

A vida dá imensas voltas, os Tapa Furos são os de sempre e para sempre nos corações de alguns, por isso o Dia Mundial do Teatro é mesmo uma celebração de amizade e uma perspectiva de um caminho que se percorre com os amigos.
Não é fácil, ninguém disse que seria, os que nos fazem parar são mais do que aqueles que nos querem a andar, mas a luta é mesmo não desistir e levar a melhor sobre tanto mal dizer e tantas energias negativas que andam por aí.
Um abraço felino aos Tapa Furos neste novo estaminé,
L.

PS: cá estarei com a minha acidez habitual para vos provocar a todos...
PS 2: duvido que os amigos "Zé Mikel" e "Formiga em Ti" possam chegar aqui tão cedo, por isso vou informando o povo das novidades da técnica...

sophiarui disse...

que os corações se apavorem!! de tanto viver!!