junho 22, 2009

A Tempestade de William Shakespeare


A matéria que nos compõe é igual à dos sonhos

Convidamos a embarcar rumo a ilha perdida em cabo atlântico, finistérreo,
frondoso... a Regaleira transformada em cenário único nesta terra, para a função que
Próspero nos prepara e oferece: O espectáculo do homem face à natureza, a
impotência daquele face à grande Mão.

a partir de 2 de Julho
Quinta da Regaleira - Sintra

de Quinta a Sábado pelas 22h, Domingos 21h
(O espectáculo “A Tempestade” não se realizará no dia 18 de Julho)

Texto William Shakespeare; Tradução Fátima Vieira; Encenação Rui Mário;
Música Original Pedro Hilário; Direcção de Actores Samuel Saraiva; Interpretação Filipa Duarte, Filipe Araújo, Filipe Costa, Flávio Tomé, Mário Trigo, Olavo Silva, Pedro Mendes, Rute Lizardo, Samuel Saraiva; Desenho de Luz Mário Trigo, Paulo Campos dos Reis; Operação de Luz Fábio Ventura, Nuno Gomes; Montagem David Severino, Emanuel Ventura, Marco Silvestre, Nuno Teixeira, Vito; Figurinos/Adereços Flávio Tomé; Assistentes Figurinos/Adereços Carla Guerreiro, Madalena Cabeças; Designer Pedro Marques; Fotografia Sérgio Santos; Contabilidade Operspecial Lda
Produção executiva Raquel Belchior; Direcção de Produção Marco Martin; Co-Produção Fundação Cultursintra

Classificação etária Maiores 12
Duração 120 min.
Preçário 16 euros (descontos no local M> 65 anos, Cartão Jovem)
Bilhetes à venda Quinta da Regaleira e locais habituais
Informações 21 910 66 50
Acessos Comboio CP: Sintra (15 minutos a pé)

4 comentários:

Esterilização Obrigatória disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
sonight disse...

Gosto particularmente desta foto!
Beijinhos e muita merda para os muitos espectáculos que por aí vem.

Beijinhos

César disse...

Fui ontem ver a peça (a primeira que vejo naquele cenário).

Não conhecia o enredo mas os actores conseguiram cativar e demonstrar o sentido da peça.

Simplesmente fenomenal. Os meus sinceros parabens.

E falo também por mais 2 pessoas que me acompanharam.

Espero que quem ainda não viu que aproveite.

Momento muito bem passado.

Um abraço à equipa.

Caravaggio disse...

Já conhecia a Quinta da Regaleira de uma visita guiada e como tal penso que esta encenação (que esteve fantástica), poderia tirar mais partido da Quinta, tornando-a mais dinâmica, aproveitando os vários pontos da Quinta para a representação.Acredito que desse mais trabalho a nível logístico mas seria muito mais interessante até para quem ainda não conhece a Quinta. Obrigado.