julho 06, 2011

Solércia - nos Jardins da Quinta da Regaleira


«Todo o Mundo: Folgo muito d'enganar
e mentir nasceu comigo.

Ninguém: Eu sempre verdade digo
sem nunca me desviar.»

Solércia nos Jardins da Quinta da Regaleira -Sintra
em cena de Quinta a Domingo


A dramaturgia unificou os principais textos deste grande mestre português, propondo-se uma viagem pelos magníficos e luxuriantes Jardins da Quinta da Regaleira, através de um espectáculo itinerante que percorre alguns dos seus sítios emblemáticos: a Capela é o espaço do Velho da Horta que nos leva ao relvado do Palácio com o Breve Sumário da História de Deus, o passeio teatral contínua com apontamentos que percorrem o Patamar dos Deuses pela estrada da Fonte da Abundância, até ao Auto da Barca do Inferno no Patamar do Ténis, seguindo os caminhos da Gruta do Oriente, ao Poço Iniciático para finalmente vislumbrar o ex-libris do espaço, o Terraço dos Mundos Celestes com o Auto da Lusitânia.

Solércia é um espectáculo em género trágico-cómico sem descuidar a crítica social presente nas palavras de Gil Vicente, palavras em permanente actualidade.


www.tapafuros.com

foto: Sérgio Santos

Sem comentários: